Dicas Сaseiras: Artrite reumatoide afeta as articulações e pode causar dores na coluna (Parte 3)

Posted on

Sinovite transitória do quadril é a causa mais freqüente de quadril doloroso e pode ocorrer após infecção de vias aéreas superiores ou trauma.

Ele pode ser feito no Centro de Quimioterapia ou no Setor de Internação do Hospital Santa Rita, caso o paciente necessite, podendo em alguns casos ser administrado pelo próprio médico. Na fase aguda da artrite, o hemograma pode evidenciar anemia de doença crônica e leucocitose com desvio, nos casos de artrite séptica e microcristalinas. Esse processo da artrose pode acontecer em qualquer articulação, mas, em geral, é mais comum em articulações de carga, que suportam peso, como coluna, quadril e joelho. Em crianças, a artrite reumatóide juvenil é a forma mais comum; podendo atingir desde a infância até a adolescência com sintomas um pouco diferentes da artrite reumatóide do adulto. Rerefências: Eritema infeccioso, também chamado de quinta doença ou megaloeritema epidêmico, é uma doença exantemática infecciosa, benigna, causada pelo parvovírus humano B19, que afeta mais as crianças e os adolescentes. Em geral, o tratamento de artrite é feito com medicamentos, fisioterapia e exercícios, mas, em alguns casos, pode-se recorrer à cirurgia. Ela pode ser classificada como artrite reumatoide, artrite séptica, artrite psoriática, artrite gotosa (gota) ou artrite reativa, dependendo da sua causa. No entanto, alguns tipos são mais comuns em homens, como é o caso da artrite gotosa, por exemplo. Não é uma causa comum de artrite séptica, mas a implantação pode ocorrer por via hematogênica ou por inoculação direta como na artrocentese ou cirurgia articular.

A obesidade pode inflamar a psoriase em crianças. A infecção pode formar-se nas dobras da pele e prosperar também.

  • Dor. É o sintoma mais comum da osteocondrite dissecante
  • Bloqueio da articulação
  • Fraqueza
  • Redução de movimento. Em alguns casos, você é incapaz de estender ou flexionar o joelho completamente.
  • Inchaço.

Em adultos, a artrite é monoarticular em 71 % dos casos, especialmente em joelho e coluna vertebral (1).

Em alguns casos a doença pode prejudicar a performance física das crianças, comprometendo suas capacidades respiratórias e interferindo na habilidade de realizar atividades esportivas e de vida diária. Quinta doença, também chamada Eritema infeccioso, é uma doença viral leve que mais comumente afeta as crianças. A febre e dor articular do eritema infeccioso (quinta doença) em crianças podem não precisar de tratamento ou pode ser aliviado com paracetamol ou ibuprofeno. Para Anemia Infecciosa Equina (AIE) e Mormo, não existe vacina nem tratamento e preconiza-se o sacrifício de animais. Finalmente, a cirurgia ortopédica pode ser necessária quando há doença grave das articulações do quadril e da coluna. As causas exatas da encefalite ainda não são totalmente conhecidas, mas sabe-se que a grande maioria dos casos da doença acontece por meio de infecção viral. As articulações mais comuns afetadas pela artrite infecciosa são o joelho, quadril, ombro, cotovelo, punho e dedos. Os principais tipos são: reumatóide; psoriática; reativa; séptica; reativa; gotosa (gota); A artrose possui um agravamento maior porque degenera a cartilagem e os ossos. As articulações acometidas mais comumente são: coluna vertebral (principalmente cervical e lombar), os dedos das mãos, e aquelas que suportam o peso do copo, como tornozelo, joelhos e quadril.

É acompanhado, em alguns casos, de sintomas ou sinais de comprometimento respiratório – tosse, coriza e/ou pneumonite – ou gastrintestinal – diarréia, dor abdominal -, principalmente em crianças hospitalizadas.

  • Artrite Gotosa – Ocorre mais em homens e é causada por microcristais minerais de urato. As articulações mais atingidas nesse tipo são joelhos, cotovelos, tornozelos e o dorso do pé.

Exercícios físicos, medicamentos e, em alguns casos, cirurgia são os tratamentos mais comuns para artrite reumatóide.

O tratamento atualmente é feito pelo reumatologista, com uso de corticóide, analgésicos  e, caso os sintomas permaneçam por mais tempo, imunomoduladores (medicamentos para controlar o sistema imunológico). Fonte: www.manualmerck.net A Artrite Gotosa, Doença dos Reis ou apenas Gota é um tipo de artrite que pode ocorrer em qualquer articulação do nosso corpo. Tanto o esquecimento como o tratamento incompleto contribuem para o reaparecimento dos sintomas da infecção ou o que é mais grave, pode levar ao surgimento da Febre Reumática. Artrose no quadril pode limitar a movimentação, tornando atividades cotidianas, como vestir-se extremamente limitante Coluna vertebral- Pode aparecer como rigidez e dor no pescoço ou região lombar. Uma vez que a CS inicia-se entre 1 a 6 meses após a infecção estreptocócica (responsável pela febre reumática), os testes para identificar esta infecção quase nunca são positivos. Em geral seu tratamento é feito com a toma de medicamentos, fisioterapia e exercícios, mas em alguns casos pode-se recorrer à cirurgia. Embora alguns tipos sejam mais comuns em homens, como é o caso da artrite gotosa, por exemplo. A cirurgia para a colocação de uma prótese articular pode em muitos casos representar a cura da artrite naquela articulação, como ocorre na artrite séptica, por exemplo. É um sintoma comum a muitas doenças, sejam elas próprias da articulação (osteoartrite, artrose, artrite séptica, etc) como de outras doenças, como gripe, febre reumática, hepatite, varicela, etc.

Hiperuricemia assintomática, Artrite gotosa aguda, Períodos intercríticos, Gota tofácea crônica, Nefropatia e Nefrolitíase por urato

  • Soltura de prótese por causa não infecciosa;
  • Encurtamento do membro;
  • Gota;
  • Desgaste articular;
  • Atrofia do músculo;
  • Artrite.

Bursite Infecciosa * Outra patologias Médicas: Determinadas condições, tais como a artrite reumatóide e a gota, estão associados com bursite no cotovelo.

Os exames de sangue são úteis somente nos casos de gota e infecção Come é feito o tratamento? A artrite gotosa, ou gota como é vulgarmente conhecida, é uma doença reumática inflamatória, que se caracteriza pela acumulação de ácido úrico, sobretudo nas articulações. É mais frequente em crianças muito ativas, podendo ocorrer na presença de quadro viral sistêmico, sendo denominado de Sinovite Reativa. A grande maioria dessas crianças tem doença infecciosa aguda auto-limitada ou está em fase prodrômica de uma doença infecciosa benigna(,). Entretanto, muitos estudos não conseguiram demonstrar sua utilidade para diferenciar causas de febre(), separar doença viral de doença bacteriana() ou distinguir crianças bacterêmicas de não-bacterêmicas(). clinica Idade Crianças mais velhas e adolescentes Febre Sintomas constitucionais Dor a movimentação Recusa a andar Quadril: Criança quieta com joelhos e a coxa fletidos, coxa em rotação externa. Por isso, nesses casos, a terapia deve ser prolongada por até seis semanas.3 A drenagem articular pode ser via artrocentese ou por cirurgia aberta (artrotomia). Durante a crise aguda de gota, podem ocorrer febre e calafrios, neste caso é importante uma cuidadosa avaliação para afastar infecção associada. Assim como outros poluentes ambientais, o fumo pode estimular a formação de fator reumatoide em pessoas sadias, e, em casos de doença já estabelecida, torná-la mais erosiva e grave.

Artrite séptica, Pseudogota, Periartrite calcificada por apatita, Artrite reumatóide, Artrite reativa, Artrite psoriásica e Enteroartropatia

Em geral, seu tratamento é feito com medicamentos, fisioterapia e exercícios, mas, em alguns casos, pode-se recorrer à cirurgia.

Ela pode ser de diversos tipos, como artrite reumatoide, artrite séptica, artrite psoriática, artrite gotosa (gota) ou artrite reativa, dependendo da sua causa. No entanto, alguns tipos são mais comuns em homens, como é o caso da artrite gotosa. Sendo assim, muitos médicos podem confundir O Tratamento da Caxumba A vacina contra caxumba faz parte do calendário básico de vacinação de crianças e adultos. Idade – osteomielite aguda é mais comum em crianças, enquanto que a forma da coluna vertebral é mais comum em pacientes com idade superior a 50 anos. Outros: leucemia, artrite reumatóide aguda, febre reumática aguda, tumores ósseos, celulite (acometimento da pele não ocorre na osteomielite) Tratamento Após confirmação diagnóstica: ATB IV: Oxacilina 50-100 mg/kg/dia – 66 hrs Estes testes fornecem imagens tridimensionais do corpo, mas nem sempre fazem a distinção infecção óssea a partir de outros tipos de doenças ósseas. A artrite reumatoide, por exemplo, acomete pessoas de qualquer idade, atletas podem ter artrose e a febre reumática se manifesta especialmente em crianças depois de uma infecção de garganta. Em alguns casos, porém, pode ocorrer o comprometimento cardíaco característico da febre reumática. Várias doenças reumáticas, entre elas a artrite reumatoide, osteoartrite, febre reumática e gota, podem acometer os joelhos.

Gota (Artrite Gotosa Aguda)

A artrite séptica ou artrite infecciosa ou artrite piogênica é uma doença aguda, agressiva, de alta morbidade, que pode evoluir com comprometimento sistêmico importante, com risco da própria vida.

Não são patognomônicos de febre reumática, nestes casos costumam aparecer várias semanas após o início do surto e são associados a cardite crônica grave. Quando dis-ponível, deve ser solicitado em todos os casos suspeitos de febre reumática a fim de se detectar lesões valvulares “silenciosas” 10,11 (D)12,13 (B)14 ©. A Febre Reumática é uma doença grave que atinge 3 em cada 100 pacientes que apresentaram infecção de garganta tratada de forma inadequada e se caracteriza por dores nas juntas. É importante a realização do ecocardiograma em toda criança com suspeita da Febre Reumática, já que a lesão pode ser pequena e não aparecer no exame físico feito pelo médico. Artrite infecciosa aguda – A artrite infecciosa aguda (95% dos casos) é causada por bactérias ou vírus. Em 80% dos pacientes, a artrite não gonocócica é monoarticular (joelho, quadril, ombro, pulso, tornozelo, cotovelo). Crianças com artrite infecciosa podem se apresentar com movimento espontâneo limitado de um membro (pseudoparalisia), irritabilidade e febre baixa ou sem febre. A maioria dos casos de infecção articular anaeróbica é monoarticular e envolve o quadril ou joelho (em 50%). Monoartrite é quando apenas uma única articulação apresenta inflamação; ocorrem geralmente na gota ou na artrite séptica (artrite infecciosa).

Artrite reumatóide atinge normalmente mãos e pés mas também pode causar doenças nas colunas vertebral, lombar e cervical

Ela pode acometer qualquer articulação que tenha cartilagem, porém, na maioria dos casos a doença ataca as articulações das mãos, joelho, quadril e coluna.

Em crianças com infecção por Yersinia, a artrite reativa pode ocorrer em 5 a 10% dos casos. Nos casos de infecção por Salmonella, a oligoartrite pode se manifestar 1 a 3 semanas depois da infecção entérica e pode haver o desenvolvimento de artrite séptica ou osteomielite. Crianças com a forma sistêmica têm febre intermitente, erupções cutâneas, aumento de linfonodos e, em alguns casos, aumento do fígado e do baço. Osteoartrite, gota…… 26/05/2011 Casos Clínicos …ais negativa e a bacterioscopia com cocos Gram-positivos praticamente confirmam o diagnóstico de artrite séptica no caso não gonocócica. Febre reumática é uma doença inflamatória que pode ocorrer alguns dias após um episódio de faringite por estreptococos do grupo A, sendo freqüente em crianças de 5 a 15 anos. A manifestação mais comum da febre reumática não tratada, é doença valvar fibrótica deformante, principalmente da válvula mitral, que se não tratada pode levar a morte. A infecção viral é a causa mais comum de pericardite aguda, sendo responsável por até 10% dos casos. Os vírus que podem causar artrite séptica incluem hepatite A, B, e C, parvovírus B19, vírus do herpes, HIV (Vírus da AIDS), HTLV-1, adenovírus, vírus coxsackie, caxumba, e ebola. A coexistência de gota e artrite séptica é raro, mesmo se os casos bem documentados foram relatados no literature.25

Relato de Cura de Doença de Raynaud com Auto-hemoterapia e cura de dores crônicas na coluna.

A artrite séptica com artrite reumatóide artrite séptica em pacientes com artrite reumatóide, pode parecer muito semelhante a um alargamento aguda da doença.

[UpToDate atualização Jan 2017 , Circulation 2015] A ecocardiografia com Doppler deve ser realizada em todos os casos de febre reumática aguda confirmada e suspeita (Classe I, Nível de Evidência B ). [UpToDate atualização Jan 2017] Não se esqueça de que em casos de artrite, cardite, valvulopatias mitral/aórtica e coreia, a febre reumática é um diagnóstico a ser pensado. A inflamação causa comum de infecção bacteriana chamada artrite séptica e artrite infecciosa, e é considerado o mais perigoso tipo de artrite aguda. Os principais sintomas são Dor vaga subaguda e hipersensibilidade do osso ou do dorso, com pouca ou nenhuma febre em adultos; apresentação mais aguda em crianças. Está indicada na avaliação das fraturas e luxações do cotovelo, para confirmação diagnóstica, sobretudo em crianças, e avaliação das estruturas ligamentares e cartilagens, geralmente envolvidas nestes casos. Assim, o fator reumatoide negativo e ausência de nódulos reumatoides auxiliam no diagnóstico, mas ainda é valido lembrar que artrite reumatoide pode apresentar FR negativo em alguns casos. É mais comum que esta doença afete as crianças e adolescentes, até 70% dos casos ocorrem entre crianças de 5 a 15 anos. Esta doença geralmente não apresenta uma condição grave, normalmente seus sintomas podem ser tratados sem tratamento médico quando a doença afetou crianças e adultos que eram anteriormente saudáveis. Em alguns casos, os problemas do quadril ou do pé pode causam dor referida ao joelho.

Interfalangianas distais (pensar em osteoartrite ou artrite psoriásica)Sacroilíacas e Coluna Lombar (pensar em espondiloartropatias soronegativas)Obs: tais doencas podem COEXISTIR com a AR!!

Os sinais e sintomas da osteocondrite são: Geralmente, as crianças curam com o tempo, mas em alguns casos precisam de uma cirurgia.

Quando o joelho é dobrado, a plica é exposta ao trauma diretamente, também pode ser inflamada, mesmo em caso de sobrecarga. O estudo permitiu distinguir uma artrite séptica de uma sinovite transitória em crianças mais velhas ( 5 – 6 anos ): febre / VHS aumentado / recusa de dieta ou perda de peso / leucococitose. Figura 2: Análise de imagem de ressonância magnética do Paciente 13 no momento do diagnóstico de artrite séptica do quadril direito mostrando efusão articular e inflamação dos músculos circundantes. 70% das crianças com sintomas clínicos de artrite séptica foram descritas por ter culturas de líquido sinovial negativo (3) A maioria dos pacientes sobrevive, com limitação da função articular (4). O objetivo do relato de caso é apontar a importância de uma abordagem de equipe e os algoritmos de gerenciamento clínico para o tratamento bem-sucedido da artrite séptica em recém-nascidos. Particularidade no RN e Lactente jovem Diagnóstico diferencial Neonato: fraturas, celulite e sífilis congênita; Trauma, sinovite transitória, osteomielite, artrite reativa, hemartrose, febre reumática, doença de Lyme, tumores, celulite, colagenoses. No paciente adulto com sintomas crônicos, quais são as causas mais comuns de artrite do quadril? Em alguns casos, pode ser feito um tratamento para dessensibilizar o paciente alérgico para liberar o uso da penicilina. Nas articulações geralmente se limita a uma única localização, mais freqüentemente joelho e quadril, mas a infecção pode se localizar também no tornozelo, punho, ombro, cotovelo e outras articulações.

Sintomas Mal-estar, febre, mialgia, artralgia e eritema tipo “olho-de-boi” no local da picada do carrapato. Não há sintomas crônicos neurológicos como visto no caso da doença de Lyme.

O aborto ocorre dentro de poucos dias do início da doença clínica (cerca de 7 a 14 dias), diferente dos abortos muito mais tardios que ocorrem na rinopneumonite viral equina.

O diagnostico da infecção aguda pode ser feito através do isolamento viral. Eu observei que um médico francês havia acompanhado o caso de um paciente de artrite reumatóide e utilizou vários tipos de vacina. Existem alguns casos raros na literatura de sobreposição entre uma artrite cristalina e séptica. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19411389?tool=bestpractice.com SOBRE A DOENÇA: Caxumba ou Parotidite epidêmica/infecciosa é uma infecção viral, que causa febre, dor e edema (inchaço) das glândulas parótidas entre outras glândulas salivares. 29 4 MÉTODOS 4.1 Desenho de Estudo Estudo observacional e descritivo de relato de casos e revisão de literatura. Monoarticular em 90 % dos casos Articulações acometidas: joelho, coxofemoral, outras (ombro, cotovelo, punho, tornozelo, esternoclavicular, sacroilíaca…) Febre, calafrios, dor intensa. Diagnóstico inicial difícil, pois as manifestações de dor abdominal / torácica / lombar, febre, podem ser atribuídas a outros problemas Leucocitose: em menos da metade dos casos. Chung et al publicaram 9 casos de artrite séptica em crianças entre 2 e 7 anos de idade tratadas com lavagem artorscópica. ARTRITE SÉPTICA – QUADRO CLÍNICONa infecção aguda, acomete-se normalmente uma ou poucas articulações (mono ou oligoartrite) – 90% dos casos.

Tipos de Artrite – Osteoartrite, reumatóide, infecciosa, psoriática, gotosa e idiopática

As mais frequentes são a poliartrite reumatoide, a febre reumática, a espondilite anquilosante, a artrite reativa e a artrite psoriásica.

Além das causas citadas anteriormente, a artrite reativa também pode ser provocada por febre glandular, infecção da garganta, gripe viral e até uma intoxicação alimentar.